sexta-feira, julho 10, 2015

Relatos de bocadinhos da minha vida - 1


Em Julho de 2013 deixei de conduzir. As dores nas costas determinaram essa decio.

Dores que ia sempre tendo, mas que passavam com um qualquer analgésico.

Em Julho de 2014, tudo estava pior. As dores aumentavam e o meu Opel Zafira continuava parado.

Em Setembro de 2014, as dores eram tão fortes que obrigaram a minha ida ao hospital. Não obstante nada terem encontrado, a cena repetir-se-ia no dia seguinte.

Impunha-se encontrar uma solução.

A qual foi ir para o lar onde está a minha mãe. Aí seria e estou a ser devidamente tratada.

O lar pertence à A.A,A.I.O Associação das Antigas Alunas do Instituto de Odivelas. Julgo que não poderia ter feito melhor escolha. Entrei para o lar no dia 13 de Outubro de 2014.

A médica do lar, Doutora Elisabete Rodrigues, tem sido inexcedível. Após ter prescrito umas TACs, uma ressonância magnética e outros exames complementares ficou a saber-se que eu tinha duas vértebras fracturadas na região lombar da coluna vertebral.

Com medicação adequada, as dores diminuiram, mas aconteceu um AVC.