sexta-feira, junho 11, 2010

Rafaela, será?

Será que, um dia, a minha neta virá a saber juntar palavras com alguma mestria?
_________________________________

Mãe
O meu amor por ti
É algo inexplicável
É algo que nunca senti
E é incomparável.
________________
Sem ti não sei viver
Sem ti irei morrer
Para sempre vou te amar
Nunca te vou deixar.
___________________
Sem ti não sei viver
Para sempre vou te amar
Sem ti irei morrer
Mas nunca te vou esquecer.

(Rafaela, 14 anos)

2 Comentários:

Blogger Madalena disse...

Um beijinho para a poetisa de 14 anos. Parabéns pela responsabilidade assumida de expressar sentimentos com tanta verdade. A poesia nasce na verdade. Lindo Rafaela. Beijinhos à avó também

sábado, junho 12, 2010 1:24:00 da manhã  
Blogger Luisa Hingá disse...

As maiores felicidades para as duas e família.
Beijinhod

sábado, julho 24, 2010 9:06:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home