quarta-feira, dezembro 12, 2007

Truz-truz...: - Between!

Aos Domingos de manhã, muito gostava o meu Pai de ficar na cama até mais tarde. Mal ouvia a minha Mãe levantar-se, lá ia eu bater à porta do quarto. “Between” era a resposta que sempre ouvia. E, deitada, ao lado do meu Pai, deliciava-me a ouvi-lo ler. Sempre livros de humor. Recordo “O Livro do Doutor Assis”, do Pad Zé. Do livro, perdi-lhe o rasto. Das histórias, lembro-me de muitas, como desta, por exemplo. O Doutor Assis foi convidado, por um amigo, a passar uns dias de férias, na sua casa do Alentejo. Iria de combóio até à estação mais próxima, sendo o resto do percurso feito a cavalo. Tendo decidido levar dois amigos, envia um telegrama a avisar, com o seguinte texto: Eu e dois amigos, três cavalgaduras! A graça com que o meu Pai as contava faz-me, até hoje, sorrir.

Truz-truz...: - Between! Jamais deixarei de usar.

18 Comentários:

Blogger Pitucha disse...

Ainda me lembro das anedotas contadas pelo avô!
Beijos

quarta-feira, dezembro 12, 2007 5:09:00 da tarde  
Blogger Skyman disse...

Com esse espirito faz-me lembrar muito o meu pai. Adoro pessoas com elevado sentido de humor.
bjs

quarta-feira, dezembro 12, 2007 5:15:00 da tarde  
Blogger Torquato da Luz disse...

Tal pai, tal filha...
Ainda bem, Laura.
Bjs.

quarta-feira, dezembro 12, 2007 8:55:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Lembro-me tão bem do "between" e aquele sorriso do teu pai tão bonito!!!!
Olha tenho o livro do Dr Assis!!!!
Beijinhos
beirense

quarta-feira, dezembro 12, 2007 10:35:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Pituxa
Claro!
Beijinhos

quinta-feira, dezembro 13, 2007 12:01:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Skyman
Então, que pena que não tenhas conhecido o o meu Pai...
Beijinhos

quinta-feira, dezembro 13, 2007 12:05:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Torquato
Agradeço o elogio.
Beijinhos

quinta-feira, dezembro 13, 2007 12:07:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Beirense
Quem o conheceu, não o esquece.
O livro que tens era o do meu Pai?
Beijinhos

quinta-feira, dezembro 13, 2007 12:09:00 da manhã  
Blogger 125_azul disse...

Fizeste lembrar-me dos domingos de manhã, quando corria a enroscar-me na cama com o meu pai e sentia o cheiro fantástico que só o travesseiro dele tinha. Depois, era correr para nos "fardarmos": ele de guarda-redes, eu de mascote da equipa. E lá íamos nós, para mais um jogo contra o Ferroviário da Manga ou contra o Malhangalene ou contra outro qualquer, ele firme na baliza, eu a distribuir galhardetes no princípio do jogo e a chamar nomes ao àrbitro no durante...
Obrigada. Adoro quando as tuas memórias me trazem de volta às minhas. Beijinhos

quinta-feira, dezembro 13, 2007 8:53:00 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

O li9vro que tenho já o comprei cá, há uns anos.
Beijinhos
beirense

quinta-feira, dezembro 13, 2007 9:41:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Azulita
Ainda bem! Fico feliz.
Beijinhos beirenses

quinta-feira, dezembro 13, 2007 11:13:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Beirense
Quando tiveres um bocadinho de tempo, procura-me esta história e manda-me por e-mail.
Pode ser?
Beijinhos

quinta-feira, dezembro 13, 2007 11:15:00 da manhã  
Blogger Carlota disse...

Ora aqui está a prova de que a coisa é genética mesmo! E, pelos vistos, há testemunhos de que ocorre há, pelo menos, três gerações! :)

quinta-feira, dezembro 13, 2007 1:59:00 da tarde  
Blogger Madalena disse...

A tua memória foi construída torrão a torrão, não foi? De açúcar, claro! Mil beijinhos e obrigada por me teres feito sorrir com gosto!

quinta-feira, dezembro 13, 2007 2:28:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Ok. mando-te a historia e se encontrar outro livro tb te mandarei.
Beijinho
beirense

quinta-feira, dezembro 13, 2007 3:24:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Carlota
Simpatia tua!
Beijinhos

quinta-feira, dezembro 13, 2007 4:56:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Madalena
Sempre querida.
Mil beijinhos

quinta-feira, dezembro 13, 2007 4:57:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Beirense
Obrigadíssima. A história já está publicada.
Beijinhos beirenses

quinta-feira, dezembro 13, 2007 4:58:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home