domingo, novembro 04, 2007

Desafio

Aceitei o desafio subentendido da Pituxa.

O grande animal corneador, com um belo par de hastes, comandava a nave que percorria a longa distância entre o seu planeta e aquele onde vivia o senhor desta história.
O grande animal corneador tinha como missão aterrorizar o senhor desta história e fazê-lo escrever um texto que se plasmasse com esta senda das beiras.
Para tal, o grande animal corneador fazia-se acompanhar de apenas dois escaravelhos. Um, o escaravelho-da-batata, insecto membranoso, foi lançado de pára-quedas, sobre a Beira Baixa, nos finais do ano de 1943. O outro, uma grande ponta de marfim, foi lançado, sem pára-quedas, sobre a África Oriental, há dezenas de milhar de anos, tendo furado o olho de um nativo, que se encontrava, no mato, deitado de barriga para o ar, a descansar e a tentar limpar, com uma pua em pedra lascada, a camada preta e nojenta que lhe bordejava as unhas. O sangue esguichou violentamente, num terrífico redemoinho, e tornou vermelha a terra daqueles sítios.
O senhor desta história, que dormia numa cama larga, tapado por um cobertor fofinho, acordou. Doía-lhe um olho. Ao longo das costas, dos braços, das pernas, sentia o vaivém insuportável de inúmeros escaravelhos. Na cabeça uma dor cruciante, como se alguém aí lhe tivesse espetado um escaravelho. Levantou-se. Na cozinha, encontrou vazia a garrafa de whisky que lhe fizera companhia durante o serão.
Pegou na bicicleta. Foi pedalar na ciclovia, ao longo da praia da claridade. Olhou o mar. O sol pintava-o de vermelho. Fixou o horizonte e viu uma nave translúcida comandada por um grande animal corneador, com um belo par de hastes.

Este texto foi escrito com a pua de pedra lascada, molhada no sangue esguichado do olho.

19 Comentários:

Blogger Pitucha disse...

Que texto espectacular!
Beijos

segunda-feira, novembro 05, 2007 7:05:00 da manhã  
Blogger 125_azul disse...

Fantástico! Beijinho, semana feliz

segunda-feira, novembro 05, 2007 9:47:00 da manhã  
Blogger Skyman disse...

Espectáculo. No fundo, este areal serve sempre de referência para estas coisas bonitas.
bjs

segunda-feira, novembro 05, 2007 11:50:00 da manhã  
Blogger Madalena disse...

O meu aparelho de medir beleza desafinou. Atingiu o máximo na escala de beleza e depois ficou com uma espécie de mercúrio, daqueles que há nos termómetros antigos, mas vermelho, a subir, sem parar. É tão lindo o teu texto que me avariaste o lindómetro, Laurinha! Está aqui uma verdadeira vocação literária. Juro que está. Vamos pedir-te mais, mais, mais...
Muitos. Beijinhos também muitos da tua fã, Madalena

segunda-feira, novembro 05, 2007 2:27:00 da tarde  
Blogger  disse...

Gostei teanto da tua historia!Muito bom!
(no, final das contas, o whisky e que da sempre conta do recado;)
Bj,
Be

segunda-feira, novembro 05, 2007 4:00:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Pituxa
Beijinhos

segunda-feira, novembro 05, 2007 5:48:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Azulita
Obrigada e beijinhos

segunda-feira, novembro 05, 2007 5:49:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Skyman
Areal bonito dá mesmo para tudo...
Beijinhos

segunda-feira, novembro 05, 2007 5:50:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Madalena
E agora, onde é que vou arranjar um lindómetro?
És uma querida.
Mil beijinhos

segunda-feira, novembro 05, 2007 5:51:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...


Obrigada e um grande beijo

segunda-feira, novembro 05, 2007 5:52:00 da tarde  
Blogger espumante disse...

Amanhã vou ler outra vez, que agora estou cheio de sono
:)

terça-feira, novembro 06, 2007 12:55:00 da manhã  
Blogger espumante disse...

Tal como prometido, voltei. E agora j� percebi melhor, depois de ver que era um desafio e que havia regras. Eu bem tinha dito que ontem estava com sono :)
Beijinho pelo texto que est� excelente.

terça-feira, novembro 06, 2007 10:49:00 da manhã  
Blogger Luisa Hingá disse...

Puxa vida, vivendo e aprendendo.
Laura gosto muito de te ler.
Beijinhos

terça-feira, novembro 06, 2007 8:58:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Reaslmente tu és uma maravilha a escrever. Dás-nos sempre belos textos. Nada que eu não soubesse já!!. É sempre bom ler-te.
Beijinho
beirense

terça-feira, novembro 06, 2007 11:36:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Espumante
Que simpático!
(Ainda pensei que me ias dizer que não existem escaravelhos-da-batata na Beira Baixa...)
Beijinhos agradecidos

quarta-feira, novembro 07, 2007 12:46:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Luh
És uma querida! Obrigada.
Beijinhos beirenses

quarta-feira, novembro 07, 2007 12:47:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Beirense
Ainda te lembras?
Agradeço as tuas palavras amigas.
Beijinhos beirenses

quarta-feira, novembro 07, 2007 12:49:00 da manhã  
Blogger Sinapse disse...

Magistral!!

quarta-feira, novembro 07, 2007 11:27:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Sinapse
Obrigada e beijinhos

quinta-feira, novembro 08, 2007 2:35:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home