terça-feira, julho 17, 2007

Gostava de ter pena...

Gostava de ter pena da vida que vivi. Mas não tenho.
Gostava de ter pena da vida que não vivi. Mas não tenho.
Gostava de ter pena da vida que podia ter vivido e não vivi. Mas não tenho.
Gostava de ter pena de não ter dado mais. Mas não tenho.
Gostava de ter pena de não ter aproveitado melhor as oportunidades que a vida me deu. Mas não tenho.
Gostava de ter pena dos livros que não li. Mas não tenho.
Gostava de ter pena dos amigos que não fiz. Mas não tenho.
Gostava de ter pena do que podia ter sido e não fui. Mas não tenho.
Gostava de ter pena do tempo que não soube viver. Mas não tenho.
Gostava de ter pena das terras que não soube conhecer. Mas não tenho.
Gostava de ter pena ... Mas não tenho.
Não seria eu!

5 Comentários:

Blogger espumante disse...

Sabes? Eu tenho pena eh de ter pena de muitas coisas. Acho que tu eh que tens razao. Ter pena eh resvalar para a lamechice e eh o que me acontece quando tenho pena de muitas coisas.
Tenho pena que, ao que parece, pouca gente terah reparado neste teu texto que estah bem mais profundo do que aquilo que parece. Pelo menos, assim acho...
Beijinho

sexta-feira, julho 20, 2007 12:31:00 da tarde  
Blogger Madalena disse...

Muito profundo mesmo, Espumante. Esta é uma lição! Ter pena é assumir perante nós mesmos que poderíamos ter sido diferentes ou poderíamos ter feito diferente e melhor. E isso, eu acho, não será tão verdade, assim!
Vou fazer como tu, Laurinha: Não vou ter pena!
Obrigada por me levares a pensar assim. Mil beijinhos sem pena

sábado, julho 21, 2007 6:58:00 da tarde  
Blogger Luisa Hingá disse...

Temos mesmo que ser positivos. Quando ouço alguem dizer:
Que pena tenho..., respondo:
Quem tem penas são as aves...LOL
Mas ás vezes esqueço-me que não sou ave.

Beijinhos

domingo, julho 22, 2007 11:34:00 da manhã  
Anonymous alda disse...

Olá Laura, passei por aqui...
Beijinho beirense.

quarta-feira, julho 25, 2007 10:39:00 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Acho que tens razão, não vale a pena ter penas. Acho o teu texto lindissimo, aliás como sempre.
Beijinho
beirense

quinta-feira, julho 26, 2007 4:57:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home