quarta-feira, julho 11, 2007

Cortina-vigilância?

Íamos de combóio para Vale de Prazeres. Da estação até à casa da minha avó, íamos a pé. Conforme percorríamos as ruas, um bocadinho de cortina das janelas afastava-se, como se fôssemos brisa. Acho que quando chegávamos ao destino, toda a aldeia já sabia da nossa presença. Isto passava-se há quase cinquenta anos. Cortina-vigilância?

9 Comentários:

Blogger Pitucha disse...

Sem dúvida!
Beijos

quarta-feira, julho 11, 2007 2:57:00 da tarde  
Blogger espumante disse...

Não é preciso ir a Vale de Prazeres nem recuar 50 anos para que esse fenómeno das cortinas se mantenha nos hábitos das pessoas. Acontece ainda hoje nos locais menos esperados e com as pessoas menos prováveis. Mas acontece :))
Beijinho

quinta-feira, julho 12, 2007 8:03:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Pituxa
Beijos

quinta-feira, julho 12, 2007 8:40:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Espumante
Acredito, Espumante, mas menos, muito menos, até mesmo em Vale de Prazeres...
Beijinhos

quinta-feira, julho 12, 2007 8:44:00 da manhã  
Anonymous casadaponte disse...

Se calhar o problema é da existência das cortinas! Mas esse fenómeno ainda se vê hoje, mesmo tendo passado tanto tempo, mas e a outros níveis.
Mudei há um ano de casa e é engraçado que nem eu nem os meus vizinhos do outro lado da rua (um casal muito novo) temos cortinas na cozinha onde fazemos quer do meu quer do outro lado as refeições. É engraçado que dum e doutro lado nos apercebemos dos movimentos,das horas tardias a que eles fazem o jantar e nós deste lado mais maduros a lembrarmos o tempo em que tal também acontecia e depois têm uma menina que temos vindo a acompanhar o crescimento de uma janela para a outra. A bébé e a Mãe nunca as vi de perto, mas o Pai sim e cumprimentamo-nos com o bom dia ou a boa tarde de boa vizinhança.E parece que fizémos um pacto da não existência de cortinas, pois era estragar o prazer de ver a luz do dia e a "luz"? da noite.
Ò Laura Lara assistiu na Televisão à entrevista do Presidente da Câmara de Figueira de Castelo Rodrigo?Parece ser um homem empenhado em manter lá as pessoas, dando-lhes razões para ficarem com qualidade! Eu gostei do que vi e ouvi, para além do senhor ter um "ar"muito agradável. Força para as "Beiras" e claro Beirenses!
Beijinhos
M.Dores

quinta-feira, julho 12, 2007 10:03:00 da manhã  
Blogger Luisa Hingá disse...

E onde viu o presidente da Câmara do meu concelho natal?
Nas aldeias fazem isso, para entreterem os olhos. Emcertos sitios é cá uma monotonia...
Abracinhos

sexta-feira, julho 13, 2007 9:42:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

M.Dores
Não assisti à entrevista do Presidente da Câmara de Figueira de Castelo Rodrigo.
Gostei do teu conetário.
Beijnhos beirenses

terça-feira, julho 17, 2007 3:18:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Luh
Não assisti. Procurei na internet e não encontrei.
Beijinhos beirenses

terça-feira, julho 17, 2007 3:20:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

M.Dores
Errata: Gostei do teu comentário, claro!

terça-feira, julho 17, 2007 3:20:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home