terça-feira, outubro 24, 2006

Debaixo da "Camotinha"


A minha Mãe, ainda pequena, cantava:
Uma velha tinha um cão,
Uma velha tinha um cão,
Debaixo da “camotinha” ...
E assim continuou cantando, perguntando-se como seria uma camotinha.
Tantos móveis tinha em casa e logo não havia uma camotinha... Chegou a imaginá-la semelhante ao psiché do seu quarto.
Levou tempo a perceber que afinal:
Uma velha tinha um cão,
Uma velha tinha um cão,
Debaixo da cama o tinha!

9 Comentários:

Blogger Madalena disse...

Que ternura!!!!! É uma ternura de uma "camotinha"!!!!! Mil beijinhos para ti e um conselho: guarda bem esta camotinha que é muito linda!

terça-feira, outubro 24, 2006 10:28:00 da tarde  
Blogger 125_azul disse...

Eu nem sabia o que era uma camotinha! Aprende-se sempre tanto aqui, sempre! Beijinhos

terça-feira, outubro 24, 2006 11:12:00 da tarde  
Blogger Torquato da Luz disse...

A ternura não tem limites, Laura.
Jinhos.

quarta-feira, outubro 25, 2006 9:10:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Madalena
Claro que vou continuar a guardar a "camotinha".
Beijinhos

quinta-feira, outubro 26, 2006 12:52:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Azulita
Ainda bem!!!
Beijinhos

quinta-feira, outubro 26, 2006 12:53:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Torquato
Mesmo que envolva dinossáurios... a ternura não tem limites.
Beijinhos

quinta-feira, outubro 26, 2006 12:54:00 da tarde  
Blogger espumante disse...

coincidência ou não, a verdade é que eu, em miúdo, durante muito tempo também me interroguei sobre o que seria uma "camotinha". Um dia descobri, sozinho. Foi a festa. A felicidade e a satisfação do dever cumprido
:)))
Beijinho

quinta-feira, outubro 26, 2006 2:52:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Espumante
E eu nunca tive essa dúvida porque a minha Mãe contou-me logo a história...
Beijinhos e bom fim-de-semana

sexta-feira, outubro 27, 2006 2:51:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Lembro-me da tua mãe contar essa história da "camotinha"
Beijinho
beirense

sábado, outubro 28, 2006 5:31:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home