quinta-feira, setembro 14, 2006

Histórias Inventadas? [8]

Um conhecido Director-Geral dos tempos idos de Salazar foi obrigado a ir à Suíça, em representação do nosso Governo, para assistir a uma reunião da EFTA.
Como dominasse muito mal o idioma francês, levou consigo um tradutor.
Iniciado o encontro com vários Directores-Gerais homólogos de outros países, todos sentados à volta da mesa, a nossa ilustre personagem pousou os papéis no colo e ia transmitindo ao tradutor as informações a serem divulgadas. Estava, portanto, numa posição mais recuada relativamente aos seus colegas, sempre de cabeça baixa, como querendo manter algum segredo bem guardado. Talvez pelo insólito da posição, alguém disse:

- Monsieur, veuillez bien mettre les chiffres sur la table!

De sentado, espumando de raiva, passou rapidamente a levantado, exigindo explicações e retractações, perante o assombro geral.
Não fora a intervenção rápida do tradutor a explicar que chiffres eram apenas números, não sei que outro final poderia dar a esta história!

6 Comentários:

Blogger Pitucha disse...

Oops. Que coisa complicada!
Beijos

quinta-feira, setembro 14, 2006 4:55:00 da tarde  
Blogger Torquato da Luz disse...

Olha, Laura, se ele reagiu assim foi porque os tinha...
(Bem, isto é só para deixares de estar tristonha...)

quinta-feira, setembro 14, 2006 5:18:00 da tarde  
Blogger Carlota disse...

Excelente história!
O seu sorriso deu-me uma gargalhada.
Obrigada e mais uma beijola.

quinta-feira, setembro 14, 2006 10:35:00 da tarde  
Blogger Madalena disse...

Olha, eu também me diverti com esta história!!!!! Beijinhos, Laurinha!

quinta-feira, setembro 14, 2006 11:59:00 da tarde  
Anonymous Luisa Alcântara disse...

Olá Laurinha, é para lhe dar as boas-vindas e dizer-lhe quanto a admiro. Um grande beijinho.

sexta-feira, setembro 15, 2006 5:01:00 da tarde  
Blogger Kalinka disse...

OLÁ LAURA

Visito-a para lhe deixar um grande beijinho, de saudades...

Até sempre. Beijo com ternura.

segunda-feira, setembro 18, 2006 2:23:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home