segunda-feira, setembro 18, 2006

Fantasmas

Acabei ontem de ler o conto “Ghosts”, de Paul Auster, e toda noite sonhei com cores.
Não só com o azul, o preto e o branco, mas com todas.
E hoje lembrei-me da experiência que, no laboratório de física do colégio, fazíamos com o disco de Newton. Rodávamos a grande velocidade a manivela colocada no centro traseiro do disco e as cores do arco-íris (vaavaav – vermelho, alaranjado, amarelo, verde, azul, anil e violeta), pintadas por esta ordem, desapareciam, que nem fantasmas, e ficava só o branco. Branco, cor dos fantasmas.
Preto não é cor, é ausência de cor. Assim aprendi.
Mas como é que cada um vê as cores? E os daltónicos?
As cores existem realmente?
Ou são fantasmas?
O azul que eu vejo hoje não é, tenho a certeza, o azul que verei amanhã. Depende da luz, depende do estado de espírito, depende da hora do dia. As cores são todas metaméricas?
Lembrei-me de uma criança que nasceu cega e conhecia as cores pelo tacto. Apalpava o objecto e, conforme a textura, dizia a cor que estava a sentir. E sentia a mesma cor que eu via.
A cor não só se vê como se sente.
Por que razão me apeteceu hoje vestir de azul?
Neste mundo de fantasmas, vou procurar o fantasma azul...

5 Comentários:

Blogger MJM disse...

Os sonhos surgem de algo que não entendemos. Gostei muito deste post sobre cores. Às vezes apetecia-me ser arco- íris num dia de chuva... A cor pode ser por vezes o nosso fantasma...
Beijos

segunda-feira, setembro 18, 2006 7:28:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Cor é energia.
Às vezes é mesmo o nosso fantasma e ainda bem que tem alguma cor:Sem cor seria horrivel.
beijinho
beirense

segunda-feira, setembro 18, 2006 11:54:00 da tarde  
Blogger Luh disse...

Eu não gostei do que sonhei esta noite. Não me lembro o que foi, mas lembro-me que acordei com o "susto" e fiquei feliz por ver que não era verdade.
Vestiste-te de azul, porque é uma cor linda.
Bjs

terça-feira, setembro 19, 2006 2:33:00 da manhã  
Blogger Pitucha disse...

E eu vou tentar sentir azul cada vez que esta cidade mergulhar nos seus cinzentos sem fim!
Beijos

terça-feira, setembro 19, 2006 7:57:00 da manhã  
Blogger Periférico disse...

Tem piada azul é talvez a minha cor preferida ;-)

Beijos

terça-feira, setembro 19, 2006 6:08:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home