terça-feira, julho 11, 2006

Respigos de África - XLII

Antes de ir para a Beira, o meu Tio Manuel viveu um tempo em Gondola, onde era funcionário dos caminhos de ferro. Frequentemente, visitava-nos na Beira, onde chegava pela manhã, já que aproveitava vir no combóio da noite.
Naquele dia, não obstante ter dormido pouco, ou nada, durante a viagem nocturna, decidiu ir ao cinema, à soirée (nesse tempo ia-se à matinée ou à soirée...).
Na altura, havia dois cinemas, na Beira, o Rex e o Olímpia (ou Olympia?), mas não sei qual foi o escolhido.
Sei que as cadeiras eram todas em madeira. O meu tio sentou-se e adormeceu imediata e pesadamente. Até sonhou e viu-se no meio de um enorme incêndio, com madeira a crepitar estrondosamente. Levantou-se para tentar escapar de tamanho inferno e começou a correr pelo meio das pessoas, quando se deu conta de que tudo não passava do final da sessão e que o crepitar era apenas o barulho do levantar dos assentos das cadeiras.
Já bem acordado, com tanta gente a olhar para ele, perante tão insólita atitude, envergonhado e atordoado, correu ainda mais depressa, a todos pedindo licença, até se ver finalmente longe e liberto daquele pesadelo e daquela multidão atónita.

12 Comentários:

Blogger Pitucha disse...

Delicioso!
Beijos

terça-feira, julho 11, 2006 8:45:00 da tarde  
Blogger Madalena disse...

LOL! Posso imaginar a dupla aflição. Beijinhos! Acho que acabas de me dar uma ideia para o próximo post!!! Um duplo obrigada!

quarta-feira, julho 12, 2006 9:32:00 da manhã  
Blogger Carlota disse...

Pobre senhor! Não lhe bastava a estafa, quanto mais um susto desses...
Beijola.

quarta-feira, julho 12, 2006 3:06:00 da tarde  
Blogger Torquato da Luz disse...

O filme não devia ser grande coisa...
Bjs.

quarta-feira, julho 12, 2006 5:59:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Pituxa
Beijinhos

quinta-feira, julho 13, 2006 1:00:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Madalena
Aguardo com curiosidade...
Beijinhos

quinta-feira, julho 13, 2006 1:01:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Carlota
Deveras!
Beijinhos

quinta-feira, julho 13, 2006 1:03:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Torquato
Também acho!
Beijinhos

quinta-feira, julho 13, 2006 1:04:00 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Estava eu casada há pouco, o meu marido q nunca gostou de cinema, adormeceu como de costume e qdo as luzes acenderam levantou-se num ápice, pehou-me na mão e destou a furar no meio das passoas, a fugir ao fogo.... do sonho... sei o que isso é... e foi no Olympia, pq acho q na altura o Rex já estofos.
Beijinhos
beirense

quinta-feira, julho 13, 2006 7:05:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

desculpem os erros....
beijos
beirense

quinta-feira, julho 13, 2006 7:05:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Beirense
Que história parecida! Há coincidências, pois!
Beijinhos

quinta-feira, julho 13, 2006 7:31:00 da tarde  
Blogger Bazuca disse...

Laura, era o Olympia, um dos cinemas do meu Tio, o outro era o Palácio. o Rex foi o 2º cinema da Beira. O meu avô, já velhinho, gostava de ir ao Olympia á matinée mas adormecia sempre! quando o meu Tio o acordava, já o filme tinha terminado, ele efusivamente elogiava o meu Tio e seu filho, pela excelência do filme que merecia repetição...! tempos passados que nos deixam saudades. adorei os teus cheiros, scones, lifebuoy, brylcream e quanto a peixes eu tambem só conhecia a corvina e a garoupa?! parece que vivemos num mundo diferente em que até a linguagem era sui generis!!
beijos

segunda-feira, setembro 11, 2006 5:49:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home