segunda-feira, maio 08, 2006

No Tando da Gorongosa, Moçambique





Fotografias tiradas pelo meu Tio Domingos, em Agosto de 1967

(se "clicar" nas fotografias elas aumentam)

16 Comentários:

Blogger Pitucha disse...

O que quer dizer "tando"?
Beijos

segunda-feira, maio 08, 2006 3:39:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Acampamento

segunda-feira, maio 08, 2006 3:44:00 da tarde  
Blogger espumante disse...

Laura, ainda bem que a Pitucha perguntou, porque quando li também fiquei com uma dúvida sobre a palavra "tando". É que existe "pando" em língua "sena" que eu não sei se é a mesma que se fala na Gorongosa ou se é "ronga". Mas na região de Marromeu, a palavra "pando" serve para designar uma forma de savana de erva rasteira e tufos de arvoredo muito localizado onde aliás se mantém no momento uma população de cerca de 30.000 búfalos. Como estão confinados a esta região, que se estende desde o estuário do rio Zambeze até às antigas Sena Sugar estates, os búfalos multiplicam-se e devastan toda a vegetação do "pando", tendo de ser abatidos alguns milhares periodicamente para se manter o equilíbrio ecológico. Mas isto a propósito da palavra "pando" muito semelhante a "tando" que, vi agora pela tua explicação, serve para designar acampamento. É possível, assim, que estejamos a falar de coisas diferentes.
beijinho

P.S. A título de curiosidade, fui algumas vezes em trabalho às Açucareiras do Luabo e Marromeu (Sena Sugar Estates), apanhava a avionete na Beira e durante o trajecto o piloto (um tal Guerra, filho do Comandante Guerra que vinha ainda do tempo colonial e que poderás ter conhecido) baixava de altitude no "pando" e sobrevoava manadas de centenas de búfalos e correr à frente do avião e... pois... são as tais imagens que nos ficam, vão se diluindo e depois aparece uma Laura Lara a falar destas coisas e a egente lembra-se... :)))
desculpa a tagarelice, mas fizeste-me lembrar uma dúzia de viagens (ou mais) que fiz em que nos entretínhamos a sobrevoar os búfalos.
Obrigado por este teu cantinho de recordações!

segunda-feira, maio 08, 2006 4:49:00 da tarde  
Blogger espumante disse...

P.S. Só mais uma coisa. O cenário do "pando" que referi é em tudo semelhante ao que se vê na foto dos leões do teu post. Daí eu ter pensado que te estavas a referir a um "pando", chamando-lhe "tando".
Esclarecimento dado :)
beijos

segunda-feira, maio 08, 2006 4:52:00 da tarde  
Blogger Folha de Chá disse...

O meu pai visitou a Gorongosa e, até hoje, quando se lembra, fica deslumbrado com aquilo. :)

segunda-feira, maio 08, 2006 6:57:00 da tarde  
Blogger dakidali disse...

A Gorongosa e o Krugger Park eram dois parques de vida selvagem sem igual.
Beijinhos

segunda-feira, maio 08, 2006 8:37:00 da tarde  
Blogger dakidali disse...

A Gorongosa e o Krugger Park eram dois parques de vida selvagem sem igual.
Beijinhos

segunda-feira, maio 08, 2006 8:37:00 da tarde  
Blogger Luh disse...

O avião do filho do com. Guerra, que se chamava como o pai foi abatido na albufeira de Cahora Bassa, com ele a bordo.
E só conheço a palavra Tando. E sobrevoei esses tandos de Marromeu.

terça-feira, maio 09, 2006 12:56:00 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Olá Laura
Gostei de recordar a Gorongosa como ela era antes de... Muitos passeios lá demos aos fins de semana a percorrer os "tandos" para ver os bichos. Se me permites uma correcção "tando" não significa acampamento, mas savana, a extensão da planicie, correspondente ao "pando" do Espumante.
Gostei muito das fotos do teu tio e de ver as pessoas lá fotografadas que se não me engano são a tua mãe e a tua tia M.Olimpia.
Beijos
beirense

terça-feira, maio 09, 2006 10:38:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Espumante
Os comentários da Luh e da Beirense anónima já te esclarecem?
Beijinhos

terça-feira, maio 09, 2006 5:08:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Luh
Agradeço a visita e os esclarecimentos.
Beijinhos beirenses

terça-feira, maio 09, 2006 5:08:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Beirense Anónima
Claro que são a minha Tia Maria Olímpia, já falecida, e a minha Mãe. Agradeço as notas explicativas sobre tando e pando (palavra que eu desconhecia). O que se aprende neste mundo dos blogues.
Beijinhos beirenses

terça-feira, maio 09, 2006 5:12:00 da tarde  
Blogger espumante disse...

Completamente esclarecido e agradeço à Luh e à beirense. Sempre jurei que era "pando", mas admito perfeitamente estar errado.
Obrigado às duas. Quanto à morte do Guerra, eu sabia, achei que o não devia referir por pensar ser irrelevante para o assunto em apreço. Só que este mundo é pequeno e, afinal, toda a gente conhece toda a gente.
Beijinho para ti Laura e "tandemos" por mais post como este. Lucramos todos :)

terça-feira, maio 09, 2006 8:26:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Que belas descrições fizeram sobre os tandos sobrevoados pelos aviões do Guerra e Filho, também eu sinto imensas saudades desses belos tempos em que o filho fazia a gentileza de nos mostrar aquelas belas paragens, por vezes até momentos arrepiantes tal era a proximidade com os belos animais.Pois estive no Luabo de 1971 até Agosto de 85. Que saudades Deus meu.

sexta-feira, junho 12, 2009 5:59:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Espumante estive a ver o seu perfil e surgiu-me uma pergunta. Será este Represas o Represas ligado à Bayer e que tantas vezes esteve em minha casa no Luabo? Pois estive nesta Bela Terra de 71 a 85 e que saudades.

sábado, setembro 05, 2009 12:01:00 da manhã  
Blogger Espumante disse...

devo ser eu mas não na bayer, mas sim na antiga cibagey

quarta-feira, setembro 09, 2009 12:14:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home