quinta-feira, abril 13, 2006

Uma Boa Páscoa!

A minha Avó quis. Mandou fazer o vestido. Branco, com muitas rendas, muitos lacinhos e duas asas, pesadíssimas, todas completamente cobertas com pequenas pérolas brancas, finamente bordadas no tecido grosso que escondia a armação de arame.
E assim fui eu, vestida de anjinho, na procissão lá da aldeia, no sopé da Serra da Gardunha, onde vivia a família do meu Pai.
Tinha os meus oito anos e lembro-me de ter pensado que ser anjinho era penoso. Carregar com aquelas asas todo o tempo. Eu, que até pensava que os anjos voavam!
Era uma Quinta-feira Santa.

Tínhamos que fazer sacrifícios, dizia-me a minha Avó.
Seria recompensada.
Logo no imediato Domingo, dia em que já podíamos comer aquele delicioso Bolo da Páscoa!

Uma boa Páscoa para todos os que pisarem esta senda!

10 Comentários:

Blogger Folha de Chá disse...

Boa Páscoa. :)

quinta-feira, abril 13, 2006 6:40:00 da tarde  
Blogger espumante disse...

Uma Páscoa feliz para ti e para os teus.
Beijinho amigo

quinta-feira, abril 13, 2006 8:06:00 da tarde  
Blogger António disse...

Obrigado pelo teu comentário ao meu post sobre o nascimento do meu filho.
Também para ti desejo uma Páscoa Feliz.

Beijinhos

quinta-feira, abril 13, 2006 10:14:00 da tarde  
Blogger papoilasaltitante disse...

Uma Santa e feliz Páscoa, cheinha de folares à boa maneira tradicional!!
Bjs :))))

quinta-feira, abril 13, 2006 11:08:00 da tarde  
Blogger dakidali disse...

Boa Páscoa.
Beijinhos

quinta-feira, abril 13, 2006 11:22:00 da tarde  
Anonymous Luiz Luanar disse...

Laura, fazendo uma pesquisa sobre "TEXTO SEM A LETRA A" seu blog foi listado e assim li sua postagem do final do ano passado. Resolvi fazer esse comentário aqui, por acreditar que não tomaria conhecimento se fizesse lá na matéria (de tantos meses atrás). Relativamente ao texto sem a letra "a", li um texto desses na década de 60 (e consegui cópia dele há alguns anos). Tem aproximadamente meia página de tamanho. Resolvi construir um texto desses e consegui êxito em meu intento. Sem faltar pontuação, artigo ou pronome. Um texto que qualquer um leria como um texto normal, sem saber porque lhe pedimos para ler. Depois disso localizei um texto (discurso) que tem aproximadamente quatro páginas (em papel A4), escrito + - em 1910.
Se você desejar ler o que eu escrevi, veja em: http://www.oprofetadestaera.com.br/curiosidades/textosem_a.html Os demais poderei lhe enviar (um por um), se me solicitar pelo e-mail luiz_luanar@yahoo.com.br OK? Passar bem. (Em tempo: gostaria que me informasse se você está na Beira-África ou em Portugal-Europa)

sexta-feira, abril 14, 2006 3:40:00 da manhã  
Anonymous madalena disse...

Realmente, Laurinha, ser anjo também não deve ser fácil... Que doce este pedaço de Páscoa. Gostei de recordar contigo esta memória de "agacê" com asinhas!!! Mil beijinhos para ti. Boa Páscoa!

sábado, abril 15, 2006 9:15:00 da tarde  
Blogger MCM disse...

Também já fui anjo numa procissão. De fato branco com asas, coroa de florinhas de na cabeça e salva de prata com pétalas de rosa. Adorei!
Boa Páscoa!

domingo, abril 16, 2006 8:50:00 da tarde  
Blogger JVC disse...

Boa Páscoa!

segunda-feira, abril 17, 2006 10:01:00 da manhã  
Blogger MJM disse...

Repete-se uma nova situação idêntica entre nós! Não foi a minha avó mas tia e madrinha que, na quinta em Sarnadelo a 9km da Régua, dedicava muito do seu tempo a ensinar catequese,tocar órgão na missa e a ensaiar os cânticos... Não foi na Páscoa mas na Primeira Comunhão. O vestido não era branco mas azul(o convencionado azul-celeste)e as asas, se bem me lembro, também pesavam. Tinha 5 anos e a minha missão era,juntamente com outra menina da minha idade,segurarmos uma em cada ponta uma toalha de linho (como nos santinhos antigos) para fazer de mesa da comunhão... Imagine! Resultado:com a excitação do vestido e tudo o mais mal dormi... e na cerimónia(cansativa)adormeci! Lembro-me que alguém atento me salvou... Não tenho fotografia,infelizmente, porque com o desmanchar de casas de família perdi-lhe o rasto. Pode ser que apareça um dia.

terça-feira, abril 18, 2006 7:09:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home