quarta-feira, março 29, 2006

Introduzi-me no Computador

Se eu fosse um computador, meia dúzia de olhos olhavam para mim, com olhos de ver, uma boa parte do dia. A meia dúzia de olhos são os dos meus netos.
O computador sabe tudo, no computador encontra-se tudo. Desde a progressão da telenovela, que não estão autorizados a ver (televisão só no fim-de-semana), até dados importantes para a disciplina Estudo do Meio (que nome curioso – será para afastar a questão dicotómica entre esquerda e direita?).
Sim, se às crianças é pedido que organizem, em trabalho de grupo, um painel sobre “As uvas estão maduras”, onde irão elas descobrir elementos para debater tão importante questão?
Sim, se às crianças é pedido que observem e conversem sobre fotografias de timorenses, chineses, ingleses, indianos, ciganos, brasileiros, guineenses e cabo-verdianos, onde irão elas arranjar matéria de fundo para debater tão complexo tema? (Retirei estes dois exemplos do livro “Bambi 3 – Estudo do Meio”).
Vejamos um dia dos meus netos. Oito horas, levantar. Nove horas e trinta minutos, começo das aulas. Dezoito horas, vou buscá-los à escola. Dezoito horas e dez minutos, chegada a casa. Dezanove horas, tomar banho. Vinte horas, jantar. Vinte e uma horas e trinta minutos, deitar. Nos intervalos, pouquíssimos, há que consultar o computador, brincar, ouvir alguma música e, com algum esforço, ler.
Tenho tempo para lhes contar histórias? Claro que não.
Estão eles, porventura, interessados em ouvir as minhas histórias? Claro que não.
E foi, por isso, que, um dia, esta situação contribuiu para a minha decisão de fazer um blogue.
Introduzi-me no computador.
Esperando que, daqui a um tempo, possam ler aquilo que agora não tenho tempo de lhes contar nem eles de ouvir.

25 Comentários:

Blogger Torquato da Luz disse...

Excelente decisão, Laura. É graças a ela que tenho a grata oportunidade de te ler, cada vez com maior gosto. Beijinhos.

quarta-feira, março 29, 2006 5:51:00 da tarde  
Blogger dakidali disse...

E fez muito bem. Vida de miudo hoje em dia é dura. Quando eu era garota os intervalos no liceu davam para jogar ao mata , aos polícias e ladrões e lanchar. Agora não dão quase para lanchar. Que terá acontecido ao tempo?
Beijinhos

quarta-feira, março 29, 2006 8:53:00 da tarde  
Blogger MCM disse...

Decidiste muito bem, mesmo. Por ti e por eles. Por ti pois não ficas de fora e por eles que um dia se vão orgulhar de ter uma avó com um blogue! ( Ou tu pensas que são todas?!...?

quarta-feira, março 29, 2006 9:16:00 da tarde  
Blogger Madalena disse...

É um registo, de facto, Laura. Não se fica pelo presente. Vai para o futuro e isso é bom. Foi muito bom teres-te resolvido. Ainda sou do tempo em que pairava a dúvida. Até que um dia: ei-la! Faz um aninho já, em Abril. E no primeiro dia de Abril temos em comum os aniversários: a tua neta e o meu filho!
Beijinhos para ti!

quarta-feira, março 29, 2006 11:59:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Torquato
Quanta simpatia. Fico deveras lisonjeada.
Muito e muito obrigada.
Beijinhos

quinta-feira, março 30, 2006 1:25:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Teté
Concordo em absoluto. Que belos jogos do mata. E os matabichos? Salsichas, ameixas secas, cereais, ovos quentes ou gemadas com vinho quinado. De facto, os ponteiros do tempo de hoje galopam.
Beijinhos

quinta-feira, março 30, 2006 1:27:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

MCM
Acho que eles merecem. Sou como todas as avós. O que elas não fazem pelos netos, até blogues! Agradeço as tuas palavras amigas.
Beijinhos

quinta-feira, março 30, 2006 1:28:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Madalena
É verdade! Há quase um ano, escrevia: “Obrigada Pitucha, obrigada Madalena, obrigada Espumante. Já não sou satélite. Já tenho o meu blog.”
E enquanto tiver histórias para contar, vou ficando.
Convenceste-me. E ainda bem.
No primeiro de Abril, conversamos.
Beijinhos sempre beirenses

quinta-feira, março 30, 2006 1:30:00 da manhã  
Blogger JVC disse...

Acho que fez muito bem! um blogue que vai fazer os netos rebentar de orgulho!
quanto a mim, tenho oportunidade de ir lendo posts que me agradam imenso.
beijinhos Laura

quinta-feira, março 30, 2006 9:35:00 da manhã  
Blogger Carlota disse...

Foi muito nobre essa motivação para o blog. Acho-a excelente! E tenho a certeza de que eles vão adorar, um dia mais tarde, quando souberem e tiverem a oportunidade de ler as histórias da avó.
Beijola grande!

P.S. - Adorei a reflexão sobre o "Estudo do Meio"!

quinta-feira, março 30, 2006 10:50:00 da manhã  
Blogger Folha de Chá disse...

Que boa ideia. De certeza que os netos vão ficar com vontade de ler o que avóa escreve. Mas de certeza. :)

quinta-feira, março 30, 2006 12:11:00 da tarde  
Blogger Periférico disse...

E com essa decisão ficámos nós também a ganhar!;-)

São curiosos estes tempos modernos em que se encontram novas formas de transmitir e contar histórias!;-)

Beijos

quinta-feira, março 30, 2006 12:18:00 da tarde  
Blogger JPF disse...

Lindo! É o que se pode chamar "adaptação às realidades" neste caso dos "deveres de avó". Se não há tempo para contar as histórias verbalmente, contam-se de outra forma.
Se a Laura Lara já estava de parabéns pela Senda, mais ainda deve receber pela motivação.
Beijos

quinta-feira, março 30, 2006 7:36:00 da tarde  
Blogger espumante disse...

É uma atitude bonita e nobre. Mas... deixa-me dizer-te uma coisa. Aproveita todos os bocadinhos para lhes contares histórias ao vivo e a cores. Sei do que falo...porque não tenho netos à mão. E como gostaria de ter...
beijinho amigo

quinta-feira, março 30, 2006 9:56:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

JVC
Que palavras simpáticas. Muito obrigada.
Beijinhos

sexta-feira, março 31, 2006 1:40:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Carlota
Gosto do título – as histórias da avó. Ainda as imprimo, furo as folhas e arquivo tudo numa pasta. Obrigada e beijinhos

sexta-feira, março 31, 2006 1:41:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Folhita
Tanta simpatia que até começo a acreditar.
Beijinhos

sexta-feira, março 31, 2006 1:41:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Periférico
Temos que nos adaptar. Bem tento.
Beijinhos

sexta-feira, março 31, 2006 1:42:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

JPF
Repito o que disse ao Periférico. Temos que nos adaptar. Bem tento.
Obrigada e um abraço amigo

sexta-feira, março 31, 2006 1:43:00 da manhã  
Blogger Laura Lara disse...

Espumante
Concordo, mas às vezes é difícil e temos de inventar outras vias. Beijinhos

sexta-feira, março 31, 2006 1:44:00 da manhã  
Blogger Madalena disse...

Onde é que se pode deixar um beijinho de parabéns à neta?
E à avó, claro! Felicidades, Rafaela!

sábado, abril 01, 2006 12:58:00 da manhã  
Blogger lilla mig disse...

Eles vão adorar com certeza! :)

segunda-feira, abril 03, 2006 1:53:00 da tarde  
Blogger BEG disse...

Espero que tenham tempo para ler todas as histórias que lhes deixa. E ficaram certamente muito orgulhosos da avó. Eu ficaria. Um grande beijinho

quarta-feira, abril 05, 2006 7:34:00 da tarde  
Anonymous Luisa Alcantara disse...

Laura,

Que lindo.... não tenho mais palavras!

Um grande beijinho da amiga
Luisa Alcântara

domingo, abril 16, 2006 4:13:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Ola: Sou o Victor Caral "Hunter", beirâo e beirense.
Obrigado por o teu bonito blog.
Parabens.
Um abraçâo bem beirense.
V. "Hunter

quinta-feira, abril 27, 2006 10:08:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home