quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Respigos de África - XXVIII

O meu Pai adorava leite. Leite gordo, cheio de nata. Nata amarelada que, no fim do copo, comia à colher.
Todas as noites, antes de se deitar, bebia um copo cheio.
Um dia, lá estava o copo de leite na mesinha de cabeceira, devidamente tapado com um paninho, à espera que o meu Pai se deitasse. Deitou-se tarde e para não acordar a minha Mãe, manteve-se na escuridão. Tirou o paninho e começou a beber. Algo o interrompeu, pousou o copo, fez o que tinha a fazer e retomou, entretanto, a sua saborosa bebida.
A nata era gorda e ia soprando para a desviar.
Mas não, a nata não podia ser tanta, nem tão gorda.
Os seus lábios pressentiam a diferença de textura.
Acendeu a luz, olhou e o que viu?
Uma enorme barata, daquelas com asas e pêlos, sarapintada, que eu só vi em África, que tinha resolvido, após um voo picado, dar um mergulho.

10 Comentários:

Blogger Folha de Chá disse...

Bléééch!!! :( :( :( Que susto. Que nojo. :( Eu acho que dava um tamanho berro que acordava a casa toda.

quarta-feira, fevereiro 15, 2006 5:04:00 da tarde  
Blogger Pitucha disse...

Então, mas não havia o paninho a tapar o copo?

quarta-feira, fevereiro 15, 2006 7:59:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Das duas uma: expliquei mal, ou leste na diagonal?
Beijinhos

quarta-feira, fevereiro 15, 2006 8:53:00 da tarde  
Blogger Carlota disse...

Aargh!... Que horror!
Quanto à Pitucha, acho que leu na diagonal descontínua (expressão dela) :)
Beijola

quarta-feira, fevereiro 15, 2006 9:05:00 da tarde  
Blogger lilla mig disse...

YYUuuuuckkkk! :(

quarta-feira, fevereiro 15, 2006 9:10:00 da tarde  
Blogger Pitucha disse...

Li mal, efectivamente. De facto, podia ter colocado o paninho de novo...
Beijos

quinta-feira, fevereiro 16, 2006 8:01:00 da manhã  
Blogger t-shelf disse...

blaaarrrgh! com pintas? e pêlos? ai que bom que é viver na Europa onde as baratas são bem mais discretas, se bem que igualmente horripilantes.

quinta-feira, fevereiro 16, 2006 9:38:00 da manhã  
Blogger Periférico disse...

Que nata mais indigesta essa barata;)!

Beijos

quinta-feira, fevereiro 16, 2006 6:05:00 da tarde  
Blogger Brigida Rocha Brito disse...

E eu que também me lembro de beber o leite assim, comendo a nata á colher... era uma prática magnífica, mas sem barata :-) Hoje já não posso fazer destas brincadeiras senão o colestrol aumenta... bjs

domingo, fevereiro 19, 2006 6:18:00 da tarde  
Blogger JVC disse...

Arghhhhhhhhhhh, eu já não dormia!
temos que ver sempre tudo muito bem visto, beber o copo de leite na escuridão é perigosissimo!

terça-feira, fevereiro 21, 2006 9:31:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home