quarta-feira, setembro 28, 2005

O meu avô Artur

Lisboa, 1910
O meu avô materno tinha, em Paço de Arcos, um talho, de sociedade com um amigo. Um dia, por motivos que não sei, teve uma grande discussão com o sócio/amigo. Irritadíssimo, resolveu ir até ao Rossio, onde sempre se encontrava alguém com quem desabafar e apagar mágoas. E encontrou mesmo o Manuel, que seria responsável por uma imensa reviravolta no seu futuro. Foram até ao café, conversaram e, às tantas, o amigo perguntou-lhe:
- Artur, tu não andas também no negócio das carnes? Consegui uma carta de chamada para ir para Moçambique, mas a minha vida mudou e já não estou interessado. Não conheces ninguém que queira ir?
- Conheço.
- Quem?
- Eu!

Beira, 1910
E foi assim que o meu avô Artur partiu para a Beira (na altura, pouco mais do que uma rua com uma dúzia de casas de madeira e zinco), para chefiar o matadouro e ficar até morrer.

O xicuembo de África impregnou-o, assim como a todos os seus descendentes

5 Comentários:

Blogger Torquato da Luz disse...

Continuam a deliciar-me estes respigos, Laura. Fazem-me saudades de um passado que não tive. Bjs!

quarta-feira, setembro 28, 2005 7:17:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Torquato
O meu Pai adorava África, embora não tivesse nascido lá. Gosto de partilhar aqui das suas memórias e obrigada por gostares.
Beijos

quarta-feira, setembro 28, 2005 9:18:00 da tarde  
Blogger Madalena disse...

Não sei se há alguma incompatibilidade entre a razão e a crença no destino?!
O destino do teu pai era este e estava escrito que tinha de ir ao Rossio naquele dia!!!
Beijinhos, laura!

quarta-feira, setembro 28, 2005 10:53:00 da tarde  
Blogger Mitsou disse...

O xicuembo também impregnou o meu avô Leonardo. É tramado, não é? :) Beijinhos muitos.

quinta-feira, setembro 29, 2005 1:27:00 da manhã  
Blogger Bárbara Vale-Frias disse...

Como a vida pode mudar em breves instantes e, com ela, arrastar tantas outras vidas :)

O que fazemos hoje, num impulso ou num acto reflectido, vai condicionar os que nos rodeiam e os vindouros. Que grande responsabilidade, não é? :)

Bjs

segunda-feira, outubro 10, 2005 12:38:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home