quarta-feira, maio 25, 2005

A stamp to Mozambique... please

Esta manhã, ao ler o blog da Pitucha, por qualquer razão que nada tem a ver com o que lá está escrito, lembrei-me do seguinte episódio que passo a narrar:
País da ocorrência: Reino Unido;
Local da ocorrência: uma estação de correios em Uxbridge, terra igual a tantas outras, nos arredores de Londres;
Data da ocorrência: 1956;
Narração do acontecimento: após escrever uma carta aos meus tios, que viviam em Moçambique, fiz o que todas as pessoas fazem, nestes casos – diligenciar no sentido de a enviar pelo correio. Para facilitar a vida ao pessoal, resolvi escrever, após o número da caixa postal: Beira, Mozambique, Portuguese East Africa.
Desenvolvimento do acontecimento: o espanto que vi na cara do funcionário que me atendeu é inesquecível. Logo ali teve início um prolongado conciliábulo entre todos os funcionários sobre o que era Mozambique, em que parte de África ficava, qual o custo do selo, conciliábulo seguido de perseverantes e interessadas consultas a vários calhamaços. Ao fim de uma boa meia hora, consideraram o mistério desvendado e lá foi a rainha devidamente colada na forma de selo.
Final da história: a carta chegou ao destino, num prazo não muito longo, porque optei pela via aérea, em vez da marítima. Meia dúzia de pessoas em Uxbridge ficaram a saber da existência de Moçambique.
Coincidências: Ao revisitar Uxbridge, em 1996, almocei num restaurante de portugueses provenientes de Moçambique.

3 Comentários:

Blogger Pitucha disse...

As ideias são como as cerejas, umas atrás das outras!
Mas, enfim, os habitantes daquela ilha continuam a ter problemas para perceber que há mais mundo para além do mar que os rodeia...
Bjs

quarta-feira, maio 25, 2005 4:55:00 da tarde  
Blogger Madalena disse...

O outro comentário sumiu, snif...
Dizia assim: um dia vou entregar em mãos as cartas para Moçambique. Tenho esse sonho! Será que ainda sei andar por lá?
Obrigada pela visita aos pequenotes, Laura!
A Emília merece que acarinhemos o projecto. Mil beijinhos!

quinta-feira, maio 26, 2005 1:08:00 da tarde  
Blogger Mitsou disse...

A história fez-me lembrar que, mais recentemente, ainda havia ( e deve continuar a haver) quem pensasse que Lisboa ficava em Espanha. Beijinho e um óptimo domingo :)

P.S. Também és coca-cola, como eu? :)

sábado, maio 28, 2005 9:50:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home