terça-feira, maio 31, 2005

Professores

Se há pessoas que eu admiro, são os professores. Se há pessoas que eu recordo com respeito e ternura, elas foram os meus professores. Claro que, ao longo da minha vida, tive professores de quem gostei e outros de quem não gostei. Curiosamente, aqueles de quem mais gostei foi dos que ministravam as minhas disciplinas preferidas. Ainda hoje não sei qual a relação entre professores e disciplinas: gostava das disciplinas pelos professores ou gostava dos professores pelas disciplinas? Seja como for, considero que, na maioria, cumpriam a sua missão como se de um sacerdócio se tratasse. E, não obstante tudo o que hoje se diz do ensino, quero acreditar que muitos vão deixar nos seus alunos uma marca igual à que em mim perdura até agora.
Lembro-me, com muita saudade, da minha professora de francês e de literatura portuguesa - Noémia Paiva Henriques. Já não está entre nós, mas continua viva no meu coração.

9 Comentários:

Blogger Madalena disse...

É bom saber isso, Laura.
Hoje, muitos alunos exigem dos professores pouco mais do que um cumprimento rigoroso de conteúdos. Eu ainda gosto de lhes transmitir valores, à mistura com os ditos conteúdos. Gosto de sentir os mais pequeninos solidários comigo contra a ignorância!
Beijinho Laura

terça-feira, maio 31, 2005 10:22:00 da tarde  
Anonymous Ni disse...

Eu também recordo os meus professores com saudade,tento no dia a dia incutir aos meus alunos, valores,ajudá-los a crescer,numa troca contínua de saberes.É pena termos que educar e consequentemente menos tempo para formar.

quarta-feira, junho 01, 2005 2:28:00 da manhã  
Blogger Carlos Barros disse...

e que dificil deve ser esta profissão... ainda por cima sempre em grandes mutações

quarta-feira, junho 01, 2005 2:10:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

Madalena, Ni e Carlos
Agradeço as visitas.
Beijinhos

quarta-feira, junho 01, 2005 4:28:00 da tarde  
Blogger lilla mig disse...

Também tive alguns muito bons pela vida fora, alguns que faziam das aulas às 8.30 da manhã na universidade um deleite! E olha que é tarefa mais que difícil! Talvez por esses bons professores tenha visto que não nasci para fazer isso, mudando a tempo de rota e deixando o lugar para alguém melhor que eu, espero! :)

quarta-feira, junho 01, 2005 4:51:00 da tarde  
Blogger t-shelf disse...

Oh Laura que homenagem tão bonita. A mim cada vez mais me parece que ser professor(a) está cada vez mais parecido com ser missionário, um missionário do saber, que tem por obrigação fazer pensar e crescer. Espero sobretudo vir a ser uma dessas professoras que marcou os alunos e que deixa saudades.

quarta-feira, junho 01, 2005 7:36:00 da tarde  
Blogger Laura Lara disse...

T-shelf
Tenho a certeza que terás a alegria de saber que muitos dos teus alunos te recordarão com saudade. Relativamente à minha professora que recordei aqui, tinha um almoço marcado com ela, que não chegou a realizar-se, já que partiu antes.
Muitos beijinhos

quarta-feira, junho 01, 2005 9:35:00 da tarde  
Blogger Incompetente disse...

Obrigado pelas referências simpáticas... e mais não digo!
Faço minhas as palavras da Madalena. Só quem lida com crianças e gosta delas pela sua condição mais nobre e pura - ser criança- consegue assimilar o gozo que dá trabalhar com elas, estar com elas e ter em cada uma delas um amigo muito especial...

Beijo incompetente!

quarta-feira, junho 01, 2005 11:10:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Olá boa tarde
Á muito tempo que não passava pelo seu blog, hoje ao passear pela página de Moçambique cliquei e entrei, foi com imenso praser que o faço, ao ouvir a musica da minha terra mais saudades me trouxe, mas saudades boas e boas lembranças que aquela terra me dá.
Aproveito para lhe dar o endereço do meu novo blog que é http://trilhosemontes.blogspot.com, trata de caminhadas onde participo e que fotografo.
Ao outro blog, tive de o retirar...
Um abraço
Luis Almeida Pina

segunda-feira, junho 16, 2008 2:00:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home