segunda-feira, maio 09, 2005

Ao Espumadamente || Ao Espumante

Sendo este um dos blogs/blogues que mais visito, tenho estado a magicar por que razão ele se chama assim. Acho os nomes engraçados e, talvez por associação ao vinho, transmite-me uma sensação de alegria e de boa disposição, não de festa, que considero as de calendário (as festas coercivas) cada vez mais aborrecidas, mais cansativas e desprovidas de significado.

Prometo, no entanto, que, no próximo dia 18, beberei uma taça (nem que seja só em pensamento), se o Sporting ganhar.
É também uma homenagem ao meu pai (sportinguista ferrenho e anti-benfiquista pertinaz – nunca saberei se por esta ordem...).

Ora bem, no meu exercício de pesquisa, comecei por fazer algumas consultas:

- Primeira:
Espumante – s. m. Vinho gaseificado
Espumante – adj. 2 gén. (do lat. spumante-).Que produz espuma; espumoso. Fig. Raivoso; excitado. (Grande Dicionário da Língua Portuguesa – Coord. de José Pedro Machado).

- Segunda:
Espumante – adj. 2 gén. Que espuma, que deita espuma; espumoso: “só me satisfaz vinho verde, assim um pouco espumante”, Eça de Queirós, A Ilustre Casa de Ramires, cap. 6, p. 260; “Henrique viu diante de si uma taça de leite espumante”, Júlio Dinis, A Morgadinha dos Canaviais, I, cap. 3, p. 43. Em que há espuma, que se desfaz em espuma: “é belo ver quebrar as ondas espumantes em ribas fragosas”, Rebelo da Silva, Ódio Velho não Cansa, II, cap. 14, p. 26. Fig. Cheio de raiva, de ira, furioso: “e espumante de cólera, e sublime de raiva, de desespero... António da Silveira, ditou a frase que a pena se recusa a transcrever”, Pinheiro Chagas, Desc. da Índia, II, cap. 4, p. 143. (Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira).

- Terceira:
Espumante – adj. Que espuma. Excitado. Raivoso (Novo Dicionário da Língua Portuguesa, Terceira Edição Corrigida e Copiosamente Ampliada, Cândido de Figueiredo).

Como, obviamente, não cheguei a nenhuma conclusão, deduzi que havia escolhido o caminho errado. Mas, também, para que quero eu saber? Perdia a graça e gorava a possibilidade de continuar este exercício de adivinhação.

Finalizo, no entanto, com esta construção:
Espumadamente – Escrever puro maquinismo dactilar [da] mente.

1 Comentários:

Blogger espumante disse...

Desculpa o atraso no esclarecimento da tua dúvida, o que faço com muito gosto:
1) - Não tem nada a ver com vinhos;
2) - Na verdade... não tem a ver com nada de especial. O que acontece é que eu abri um blog, convencido de que me ficava por ali. Achei graça á coisa, continuei, comecei a receber feed back, comentários e continuei. Como quando abri o blogue tinha forçosamente de lhe dar um nome, apliquei-lhe o primeiro que me veio à cabeça. Como "espumo" um bocadio com as coisas... ficou espumadamente. A partir daqui e como tinha que assinar os posts, ficou "espumante".
Voilá.
Hoje, devo dizer que acho o nome do blogue pobrezinho, tal como espumante. Mas a verdade é que, sem saber ler nem escrever, hoje tenho mais de 30.000 visitas, sendo que pus o site- meter a funcionar apenas em Setembro. Por isso, porque sei que tenho bons amigos que me lêem, não mudo o nome. Ou talvez mude um dia, sei lá...
:))
E sabes que mais? Sou TOTALMENTE abstémio ;:))) passe a redundância.

quarta-feira, maio 11, 2005 8:38:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home